AOS FILIADOS. ACERCA DE REPRESENTAÇÃO. E DE VERDADE.

Publicado em 18 de Nov de 2021
AOS FILIADOS. ACERCA DE REPRESENTAÇÃO. E DE VERDADE.

Aproxima-se o término deste mandato, no qual estivemos à disposição de nossa categoria, pelo serviço no SINDPRF-CE. Enquanto defensores da democracia, acreditamos que o normal e natural é a decisão das urnas, donde emergiria, num processo limpo e transparente, a vontade da maioria, cristalina como a Justiça – não a dos homens.

Cientes da conclusão próxima, iniciamos o procedimento sucessório com a nomeação da Comissão Eleitoral, nos termos do nosso Estatuto. Instalada, deliberaram e decidiram as normas e regulamentos para o pleito, de maneira independente e soberana, aí inclusa a data para as eleições: 17 de novembro. Por força dessa medida, o presidente expediu o Edital de Convocação, publicado aos 4/10/2021, início do período para a recepção de inscrições de chapas concorrentes, com o fim marcado – também pela Comissão – para o dia 8/11/2021, às 17h. 36 dias, para quem quisesse, legitimamente, concorrer no certame, organizar seu grupo, reunir documentos, enfim, efetivar sua inscrição. Perfeitamente claro, divulgado, publicizado, como mandam as melhores práticas.

O tempo transcorreu, e, no dia 8/11/2021, prazo final demarcado para inscrições, por volta das 15h, compareceu representante de uma chapa em composição, que ali permaneceu, com o suporte de meios e funcionários do SINDPRF-CE, imprimindo documentos, os quais recebia por aplicativo WhatsApp, e os transferia para o celular da Gerente Geral do SINDPRF-CE, até que, extrapoladas as 17h, interpelado por membro da Comissão Eleitoral, respondeu que, embora tencionasse inscrever chapa, ainda faltavam documentos. O último por ele recebido foi impresso às 16h41min. Afirmou que havia tentado, mas, por se encontrar sozinho para fazer tudo, “não deu”. Gravou áudio no WhatsApp, provavelmente dirigido ao grupo dele, e se retirou do recinto. No dia seguinte, enviou questionamentos aos prazos estipulados pela Comissão, que no devido momento o respondeu. Pediu reconsideração, também respondido, e culminou com a impetração de ação judicial contra o SINDPRF-CE em conjunto com a Comissão Eleitoral nomeada por ato de seu presidente. O resto, ditará a Justiça, não a dos homens. Eis os fatos. Cremos que, análise que considere o princípio inafastável da ampla defesa e do contraditório, o que ainda não ocorreu – a liminar foi expedida pela Meritíssima Juíza na modalidade “inaudita altera pars”, ou seja, sem ouvir a outra parte – trará à luz a verdade, princípio máximo que deve reger as ações dos homens.

Assim, o SINDPRF-CE suspendeu as eleições, a pedido da Comissão Eleitoral, com o fito de dar cumprimento à decisão judicial, nos limites determinados por aquele juízo, momento em que poderemos escolher quem nos representará pelos próximos três anos.

Acerca de representação, ensina-nos o Direito: o ideal é que estejamos nós mesmos a defender nossos direitos - ninguém o fará melhor. Ante a impossibilidade de estarmos em diversos lugares, prudente então escolher quem nos represente, mostre-se verdadeiramente interessado em nos defender, de modo firme e atuante, embora imperfeitos, e é bom que tenha sim história de luta. Isto afasta interesseiros e suas possibilidades de distorção dos meios para fins diversos dos coletivos.

Encerramos este ciclo com atestadas idoneidade, honestidade, transparência e abertura total à participação e colaboração de todos. Unidos somos fortes! Em momento nenhum adotamos atitudes de rejeição, negação ou desrespeito a quem quer que se apresentou para lutar conosco, enquanto gestores do novo tempo que ajudamos a construir. Há os saudosos de antigas práticas, dos velhos tempos. A História nos ensina que alguém sempre se dá bem, por pior que seja a situação. Seguimos apartados de tais pessoas, e é bom que assim permaneçamos. Se tiverem de escolher, de eleger, de optar, caríssimos filiados, encarem tal processo como se espelho fosse. E ali, olhando para a imagem refletida pelos prováveis candidatos, vejam qual delas melhor se aproxima de seu projeto de vida, dos princípios que defende, o que fez ou faz por todos. Se possível, analisem mesmo o passado. Aqui todos nos conhecemos um pouquinho, e podemos tecer uma palavra acerca de quem nos quiser representar, ou representar (fingir) para a gente. Boa escolha para todos.

 

A DIRETORIA

 

Compartilhe

Compartilhar

Curta e compartilhe nossas redes sociais



Próxima notícia

Veja todas as notícias›››

Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado do Ceará | SINDPRF-CE
Rua Margarida de Queiroz, 07 - Cajazeiras - Fortaleza/CE CEP.: 60.864-300
PABX/FAX: (85)3279-2848 / (85)3279-5698
sindprfce@sindprfce.com.br