FenaPRF ingressa com ação contra obrigatoriedade de teste físico para PRFs em 2020

Publicado em 16 de Set de 2020
FenaPRF ingressa com ação contra obrigatoriedade de teste físico para PRFs em 2020

A FenaPRF protocolou nesta segunda-feira (14) processo judicial para garantir que os policiais rodoviários federais não sejam prejudicados caso não realizem o Teste de Aptidão Física em 2020. A ação visa proteger os PRFs que tiveram a preparação física prejudicada por conta da pandemia do novo Coronavírus.

Na ação, a FenaPRF solicita que a não realização do TAF não incida em prejuízos no programa EFI, no IFR na e ADI.

Memória

Em agosto, o sistema sindical dos PRFs realizou reunião com todo o conselho de representantes e diretoria da FenaPRF sobre o assunto. Foi deliberado que a Federação realizaria reuniões com o Departamento de Polícia Rodoviária Federal para tratar sobre a possibilidade de os policiais rodoviários federais não serem prejudicados caso não realizem o TAF. Ficou decidido também que caso não fosse possível o DPRF agir, a pauta seria judicializada.

Somente após as reuniões com os gestores da polícia o sistema sindical ajuizou ação judicial. O processo recebeu o número 1051601-47.2020.4.01.3400 e foi distribuído para a 3ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária do Distrito Federal.

 

Fonte: FENAPRF

 

Próxima notícia

Veja todas as notícias ›
Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado do Ceará | SINDPRF-CE
Rua Margarida de Queiroz, 07 - Cajazeiras - Fortaleza/CE CEP.: 60.864-300
PABX/FAX: (85)3279-2848 / (85)3279-5698
sindprfce@sindprfce.com.br